Sobre Gordas Felizes

Esse site é maravilhoso.( http://lugardemulher.com.br/ ) Indico fortemente. Mas esse texto é genial. Precisava partilhar.

Dá pra ler todo aqui: http://lugardemulher.com.br/gordas-felizes/

Passamos a vida toda ouvindo que se tivermos o corpo ideal que vemos nas revistas e na tv, vamos obter amor, sucesso e felicidade. Tudo que a gente quer, né? Então todo mundo acredita nisso e investe tudo o que tem para alcançar o peso mágico que trará todas as maravilhosidades prometidas.

As pessoas passam fome, tomam remédios perigosos, se matam na academia e passam a vida inteira se odiando enquanto lutam pela tão sonhada felicidade que virá com o corpo perfeito.

Daí enquanto está todo mundo ralando atrás da felicidade, aparece uma gorda e diz: TÔ ÓTIMA E SUPER FELIZ, BEIJOS. É como se ela tivesse furado a fila. Você lá comendo 27 claras de ovo para tentar ser feliz e ela sendo feliz do jeito que está? Faz todo seu #foco #força e #fé parecer inútil, né? É pra morrer de ódio mesmo.

Mas o problema disso é que magreza não equivale a felicidade. Só equivale a dinheiro no bolso de empresas que lucram com a infelicidade alheia.

A raiva que uma pessoa sente ao ver uma gordíssima como a Tess fazendo sucesso e sendo feliz deveria ser direcionada a quem ganha dinheiro com a sua infelicidade, não a quem conseguiu burlar o sistema.

O ódio que se sente não é da gorda feliz. É de perceber que talvez esteja buscando a felicidade no lugar errado.

Sobre biquínis e aceitação

20150101_144906

 

Passei o final do ano numa ilha. Passava o dia de biquíni. Acabei tirando várias fotos assim. Depois fiquei meio constrangida de colocar essa fotos nas redes sociais. No fim, coloquei uma bem grande como capa do facebook. Esse fato e mais alguns me fizeram refletir bastante.

Meu irmão foi morar em outro estado tem um ano. Ele veio pra cá esse mês. Quando o vigia do condomínio o viu, veio comentar comigo “Seu irmão tá aí? Ele parece que gostou do sul, né? Tá mais pesado…” Na hora eu respondi “Não sei, eu não fico pesando ele” mas foi pouco. Devia ter respondido: “Não sei, não é da minha conta”. Meu irmão é gordo. Mas o peso dele não é da minha conta. Menos ainda da conta do vigia. Não é direito de nenhum de nós comentar sobre o corpo dele.

Mas se você é gordo as pessoas acham que isso dá direito a elas de fazer comentários sobre o seu corpo, sua vida, sua saúde… “Mas isso não é saudável…” Você olhou meus exames?

Conversando com o meu irmão sobre peso, emagrecimento e cirurgia que eu assumi pela primeira vez. O maior motivo para eu ter feito a cirurgia foi preconceito das pessoas. Eu não tinha problemas de saúde, sempre fiz muito exercício, me sentia bem com o meu corpo.

Minha vida está melhor, está. Mas o que mudou não fui eu. Foram os outros. Agora se eu vou em um médio eu não escuto que eu tenho é que parar de comer pizza ( Sim, um médico já me falou isso. ). Quando eu vou em um médico agora ele realmente procura saber qual é o meu problema. Se eu entro em uma loja de roupa, tem o meu número.

Mas daí a gente emagrece e acha que tudo vai se resolver. Não vai. Porque se quando você é homem gordo as pessoas acham que podem dar opinião sobre o seu corpo, quando você é mulher não importa o seu peso. As pessoas vão comentar. Da maneira mais cruel que podem. Independente do quão bonita você é.

Tenho amigas lindíssimas que moram na Bahia e não vão à praia porque tem vergonha de colocar uma roupa de praia. Tenho amigas que não tiram o sutiã na frente do namorado.

Então… meu conselho hoje pra quem quer emagrecer com ou sem cirurgia é: Você quer? Vai se sentir mais confortável ou mais saudável com isso? Então faça. Mas saiba que não tem nada de errado em ser gordo, a culpa não é sua e as pessoas vão continuar falando merda. Independente do que você faça.

A parte boa disso tudo é que você, provavelmente, não deve nada pra essas pessoas. Então a gente pode deixar de ouvir, pode ignorar e pode inclusive falar “Não é da sua conta”.

Quanto a mim, Eu gostaria de perder uns 7kg de gordura e  ganhar uns 5kg de músculo. Estou caminhando nesse sentido, talvez eu alcance isso em algum momento no futuro. Mas certamente não vou esperar isso pra ser feliz. Vou por meu biquíni e vou pra praia. E se lá eu quiser comer uma moqueca, um picolé ou um milkshake, vou comer. Se você se sente desconfortável com  as minhas estrias, me desculpe. Mas não dá. Já é difícil cuidar da minha vida, imagine se eu for cuidar e levar em conta a opinião de todas as 7bilhões de pessoas desse planeta?

Faço um exercício também pra não cuidar da vida dos outros. Agora que eu passo menos tempo falando pro meu irmão que ele tá gordo eu tenho mais tempo pra conversar sobre a vida nova dele. Quando eu fofoco menos com as minhas amigas tenho mais tempo para falar sobre os meus sentimentos. Quando deixo de imaginar o que as pessoas tão pensando, tenho mais tempo pra nadar com o meu namorado, que inclusive, adora os meus biquínis.

Minha filosofia sobre a aceitação das outras pessoas é: Fodam-se as outras pessoas.

Desejos

As vezes a gente fica com uma vontade incontrolável de comer algumas coisas, né? Muitas vezes vem do nada, nem sempre tem sentido.

Eu tenho esses desejos sempre. As vezes é de algo saudável. Salada de frutas, alface americano, brócolis, etc. Aí é ótimo. Vou lá, compro uma tonelada e passo uma semana comendo feliz. Mas e quando a vontade é de algo bem ruim?

Olha… eu pessoalmente gosto da seguinte estratégia: Primeiro ignoro um pouco. Vejo se a vontade passa. Se não passar, eu pego um pouquinho e como.

Essa semana eu estava morrendo de vontade de tomar Nesquik com leite. Gente… eu nunca fui de tomar isso. Experimentei uma ou duas vezes quando era bem criança, quase 20 anos atrás. Isso ficou na minha cabeça a semana inteira. Hoje eu desisti e fui lá comprar. Comprei uma caixinha do já pronto. Com 200ml. Na pior das hipóteses, era só um copo pequeno. Tomei um gole… e achei horrível!! Não consegui tomar o segundo. Deixei na geladeira. Acho que vou jogar fora. Não sei como eu gostava disso quando era criança. Experimentar isso foi a melhor coisa que eu fiz. Agora eu tenho certeza de que além de não me fazer bem, não é gostoso.

Não é a primeira vez que isso me acontece. Um tempo atrás me deu vontade de miojo. Tinha mais de 5 anos que eu não comia. Um pessoal ficou aqui em casa uns dias e quando foi embora esqueceu um pacote de miojo. Eu fiz, comi e achei super sem graça. Ainda fiquei enjoada depois. Agora eu nego sem nenhuma relutância.

As vezes a gente cultiva tanto um desejo que a coisa se torna muito melhor na nossa cabeça do que ela é de verdade. Quando a gente trás pra realidade fica muito mais fácil lidar.

Bariátrica gourmet – Bolo paçoca de microondas – glúten free, lactose free

20141106_112032

O nome parece gordice, né? Juro que não é!

É gostoso, bom pra um lanchinho, saudável e rápido de fazer.

Ingredientes:

  • 3 ovos
  • 3 colheres de sopa de pasta de amendoim bem cheias
  • 6 colheres de sopa de leite de coco
  • 6 colheres de sopa de coco ralado sem açúcar
  • 3 colheres de sopa de adoçante culinário ou o açúcar/ adoçante de sua preferência
  • 1 colher de sopa de fermento em pó

Preparo:

  • Misture todos os ingredientes
  • Transfira para uma fôrma própria para micro-ondas
  • Leve para assar por cinco minutos (aproximadamente) na potência máxima do seu micro-ondas

Eu peguei a receita aqui: http://www.pitadinha.com/2014/01/bolo-pacoca-de-micro-ondas-glutenfree-e.html

A foto não foi das melhores, mas ele fica bem fofinho. Se colocar uma camadinha de pasta de amendoim e uma paçoca quebradinha em cima fica lindo.

Não tem óleo adicionado, nem farinha, dá pra fazer sem açúcar… Dá pra por na dieta sem problema. Deve ser bom pra enrolar crianças também.

Tava achando ele muito feio. Aí polvilhei um pouco de ovomaltine por cima e coloquei umas castanhas do pará quebradinhas.

Tava achando ele muito feio. Aí polvilhei um pouco de ovomaltine por cima e coloquei umas castanhas do pará quebradinhas.

Citoneurin- injeção de vitaminas B

Depois de 11 meses de operada o meu médico achou que a minha vitamina b12 tava um pouco baixa. Ainda não tava preocupante, mas como ela vinha caindo, ele achou melhor me receitar logo a injetável.
Comprei na farmácia. É barata. Por volta de 10reais uma caixa com 3 doses. É pra eu tomar essas 3, uma por mês e depois volto lá pra ver se ta tudo bem.
Uma amiga me colocou um super medo. Disse que doía, fez um escândalo. Quem acabou aplicando em mim foi o namorado. Ele já tinha aplicado umas no pai, não aplicavam nas farmácias perto de casa. Confiei. Hahahaha. Foi tranquilo. Uma picada e uma sensação de peso na bunda por uns minutos. Só isso.
Bom saber que ta tudo em dia.

Frio

Eu achava que era conversa essa história de que gordo sente mais calor. Mas desde que eu emagreci tenho sentido um frio absurdo.
Veja bem, eu moro em Salvador. A temperatura aqui sempre está entre 22 e 30 graus. Então não tem muito espaço pra isso ser um incômodo. Mas com frequência eu quero desligar o ar condicionado quando todo mundo ta confortável. Eu me cubro pra dormir toda noite… sempre quero um casaquinho.
A parte boa é que eu suo bem menos. Agora é raro.

Mas é verdade, viu. Gordura esquenta. Pra quem ta emagrecendo,  pode preparar o cobertor.

Acabou a lua de mel

AAAAAAA

Não sei direito o porque. Sei a minha lua de mel com o meu corpo acabou. Eu tava tão feliz com o meu corpo. Tão satisfeita… Daí os compromissos apertaram, acabei parando com a academia. Meu peso travou tem 1 mês. Pronto, to me sentindo mole, me sentindo gorda. Um dias desses eu me peguei sentindo como eu me sentia antes da cirurgia. Porque? Não sei.

Uma certeza que eu tenho é que eu não posso parar com a academia. Eu não emagreço sem exercício físico. Mas também estou tentando não me cobrar tanto. Estou pegando muitas matérias na faculdade, matérias difíceis. Ninguém é robô. Não dá pra dar conta de tudo o tempo todo. Estou pensando em várias coisas. Talvez escolher um exercício mais tranquilo para fazer 2x por semana. Pra não ficar parada. Quando o semestre terminar eu volto pra academia… Não sei. Vou pensar.

Mas esse sentimento é que não está certo. Acho que vou sentar para olhar as fotos antigas e as de antes & depois pra ver se cai a ficha de que estou quase magra. Falta pouco, só são 7kg pra perder agora. Preciso desse ultimo gás.