Momento Revolta

Estava lendo um post de um blog e acabei entrando em um momento revolta raghatoni .

No texto ela falava sobre a rigidez das dieta e dos profissionais que lidam com obesos. E tova vez que um ___________ (insira aqui um profissional da saúde a sua escolha. Nutricionista, personal, médico, etc.) me fala a mesma coisa que eu já ouvi 300x me dá vontade de fazer isso aqui:

Mas porque essa revolta Iza?

Porque essas pessoas tendem sempre a:  1) Achar que o medíocre ta ótimo  2) Culpar o gordo.

A culpa é sempre do gordo. Jamais da dieta/exercício que ele passa a todos os pacientes há 30 anos. Eu tenho um exemplo ótimo disso. Sempre fui gordinha. Desde criança. E sempre tive dificuldade de emagrecer. Lógico que se eu não comer, eu emagreço. Mas a resposta pra mim sempre demora mais. Meu metabolismo é lento. Eu preciso de um esforço a mais. O único tratamento que me trouxe algum resultado foi o da clínica Máximo Ravenna. Pra quem não conhece, eles tem um time multidisciplinar e uma única dieta: 0 carboidrato, de 600 a 800 calorias diárias. Eu segui essa dieta por 6 meses.

Entrada da clínica

Lá eles tinham uma meta de perda de peso de 5% do seu peso por mês. Eu nunca alcançava isso. Ficava em 3%. Porque o meu metabolismo é lento.  E mesmo isso, já é bastante. Mas não o suficiente para o meu nutricionista. E todo dia eu tomava uma bronca.

Diálogo real (adaptado pq eu não lembro de tudo):

Nutri: Mas vocês está seguindo a dieta 100% ?

Eu: Bom… Eu nem sempre peso a banana quando eu vou comer. Posso estar comendo uma banana maior sem perceber.

Nutri: Tai o erro. Você está fazendo a dieta errado. Você tem que levar isso a sério se quiser resultados.

Depois de 6 meses e 16kg perdidos eu abandonei o tratamento. Porque eu não aguentava mais. Eu comia pouquíssimo ( em quantidade e variedade ) e tinha que voltar para casa sempre me sentindo culpada porque eu não fiz o suficiente. Eu coloquei uma colher de leite em pó no mamão da merenda da tarde. Eu errei. A culpa é minha.

Numa época em que eu optei por seguir a linha “o mais saudável possível” fui pedir ao instrutor da academia que me passasse uma série que queimasse mais calorias. Pois eu não estava conseguindo emagrecer. E tive que ouvir um “O problema não é a série. É o bolo e a pizza!”.  Faziam 3 meses que eu havia cortado farinha de trigo e leite, restringido doces ao fim de semana, etc.

Mas lógico. A culpa é sempre do gordo safado, sem força de vontade e preguiçoso que come o tempo inteiro. A receita é clara. Se ele não está emagrecendo, ele está fazendo errado e caindo nas gordices. Típico.

Talvez seja a incompreensão de quem tem facilidade em manter o peso, talvez seja a maneira que as pessoas acham de se afastarem do que não obteve sucesso. “Ela procurou” ; “Ele não fez direito” ;  “Esse problema jamais me afetará. Porque eu faço tudo direito”

Mas olha… desse post, assim como da vida, nada se conclui. Só espero que as pessoas se tornem menos preconceituosas e mais compreensivas e que depois da cirurgia eu nunca mais tenha que ouvir “Você não fez o suficiente. A culpa é sua”

Anúncios

Preparativos pré-cirúrgicos – Parte III

Ai, gente… To com vergonha de falar as minhas maluquices. Mas vamos lá.

Eu já falei, mas vou repetir: eu sou maluca mesmo. Quando eu to ansiosa em relação a alguma coisa me acalma ler (muito) sobre e me preparar (nível TOC) para a situação. Com a cirurgia não seria diferente. Por isso que eu dividi os preparativos em 3 partes. Por ordem de necessidade. O primeiro coisas indispensáveis , o segundo coisas desejáveis e o terceiro com as maluquices que eu inventei pra me deixar mais calma (esse aqui).

E o que isso quer dizer Iza?

Quer dizer que tudo o que eu vou falar nesse post não tem embasamento científico. Nenhum médico me falou, pediu ou sugeriu nada disso. São teorias minhas. Que podem funcionar ou não. Depois de uns meses de operada eu volto aqui para falar se tiveram efeito positivo ou não. O importante pra mim é que essas coisinhas fazem com que eu me sinta em controle do que me dá medo.

– Hidratação x Flacidez.

É um fato que pele hidratada é mais elástica e não cria tanta estria. Eu já tenho estria. Mas tenho a esperança de que uma pele bem hidratada vai voltar mais fácil e me deixar com menos pelanca. Então tenho passado bastante hidratante, no corpo todo, todos os dias. Vou tentar manter isso. Se não ajudar nas pelancas, pelo menos eu fico cheirosa e macia.

– Ingestão de gordura x pedra na vesícula.

Muitos pacientes desenvolvem pedra na vesícula depois da cirurgia bariatria. Alguém me falou que a pedra é formada pela bile não utilizada. A pessoa tá acostumada a comer muita gordura, a vesícula se acostuma a produzir muita bile. Você para de comer gordura de vez e a bile não utilizada fica lá na sua vesícula e empedra. Daí eu cheguei na teoria de que se eu diminuir a minha ingestão de gordura agora eu terei menos probabilidade de desenvolver pedra. É uma teoria. Estou tentando evitar. Vamos ver no que dá…

Só mais uma coisinha… Daí eu queria umas opiniões. Eu tava pensando… Mães costumam usar uma cinta logo depois do parto, para que a barriga volte mais rápido. Será que isso funciona com a gente que não vai tirar um bebê da barriga mas vai tirar bastante gordura? Quem faz plástica também usa. Inclusive quem faz lipo. Eu moro em Salvador e com o calor daqui deve ser bem complicado usar uma dessas o tempo todo. Mas se fosse me tirar uns pneuzinhos eu até encarava. Alguém aí já usou em alguma dessas situações? Ajudou?

Preparativos pré-cirúrgicos – Parte II

Gente… Mais uma vez, eu queria deixar claro que eu sou maluca mesmo. Quando eu to ansiosa em relação a alguma coisa me acalma ler (muito) sobre e me preparar (nível TOC) para a situação.

Com a cirurgia não seria diferente. Por isso que eu dividi os preparativos em 3 partes. Por ordem de necessidade. O primeiro coisas indispensáveis , o segundo coisas desejáveis (esse aqui) e o terceiro com as maluquices que eu inventei pra me deixar mais calma.

Bom… A segunda parte como eu disse, entra na categoria do desejável.

Mas Iza, o que isso significa? Significa que ninguém vai morrer se não fizer. Mas se puder fazer, deixa você melhor.

1º) Suplementos

Hum…. Delícia.

Eu sou paciente de uma médica que é também ortomolecular e moduladora hormonal. Já faz um tempinho isso. Sabendo ela que eu estava pensando em operar ela me passou varias coisinhas pra que eu vá pra mesa de cirurgia assim… 100%. Tem algumas nessa lista que ela me passaria mesmo que eu não fosse operar. Mas eu não sei separar então vou falar de tudo.

-Vitaminas e Minerais: Todo mundo sabe o quão importante é suplementos vitamínicos pra  pacientes bariátricos, neam gates? Esse aqui foi feito pra mim, pensando no que eu tenho de um pouco baixo e também em umas questões especiais. Especiais tipo assim: Meu nível de insulina tava um pouquinho alto. Daí ela fez uma combinação de vitaminas e minerais que melhoram a absorção de insulina pelas células… Isso também para o meu figado que tava sensibilizado por um remédio que eu tomei recentemente ( roacutan, quem já tomou sabe os efeitos colaterais ) etc etc…

-Lactobacillus: Eles servem pra deixar o intestino saudável. No dia ele me faz ir ao banheiro bem e amiúde. Na cirurgia vai ajudar a evitar alguns efeitos colaterais.

-L Glutamina: É um aminoácido. Se compra em loja de marrombeiro. Serve pra acelerar a recuperação pós exercício e ajuda a manter o intestino forte e saudável. Junto com os lactobacillus ele vai deixar meu intestino xuxu beleza. O que é super bom pra cirurgia, já que o intestino entra na operação e melhor operar um órgão brilhando de saudável do que um meia boca, né?

-Whey Protein: É aquela, conhecida, de marrombeiro de academia. Músculo é feito de proteína. O objetivo é esse, proteger os meus músculos. Vou continuar tomando depois da cirurgia também. E vcs sabem, né? Estrutura muscular é a diferença entre emagrecer durinha e ficar cheia de pelanca. Depois da cirurgia ele também ajuda a evitar hipoglicêmias, dores de cabeça, etc… Sem contar que é um lanche super gostoso e saudável, rico em proteína e sem nada de gorduras e açucares.

*É… é coisa pra caramba mesmo. É tanta capsula que se eu tiver que tomar tudo isso depois de operada vai ter que ser um café da manhã só de comprimido.  Mas assim, eu acompanhei uma amiga minha que fez bariátrica e fez esse tratamento. É outra coisa. Ela passa menos mal, o cabelo caiu menos, a pele voltou melhor pro lugar, a recuperação foi mais rápida… etc. Como eu disse, ninguém vai morrer se não fizer, mas se fizer fica melhor.

 

2º) Exercício Físico

Todo mundo junto!

É importante depois e é importante antes. Principalmente os anabólicos. É mais fácil ganhar músculo quando a gente está comendo mais e os pacientes bariátricos sempre perdem um pouco no pós operatório. Então vale a pena focar nisso antes para ficar com uma “reserva”. Eu fiz um bom tempo de academia um tempo atrás, mas enjoei. Acho que vou começar pilates, que também ajuda no desenvolvimento muscular. O importante é começar já!

Galere, essa é a minha maneira de tentar maximizar os resultados da cirurgia. E vocês? O que fizeram no pré operatório? Quero muito a opinião de vocês. Talvez eu peça pra minha amiga que já passou por tudo isso para escrever um post aqui e contar como foi. Se vocês se interessarem posso pedir pra médica também. Porque eu sei que eu não sei explicar direito e deve estar todo mundo confuso. Hahahaha

Preparativos pré-cirúrgicos – Parte I

Gente… Antes de tudo, queria deixar claro que eu sou maluca mesmo. Quando eu to ansiosa em relação a alguma coisa me acalma ler (muito) sobre e me preparar (nível TOC) para a situação.

Com a cirurgia não seria diferente. Por isso que eu vou dividir os preparativos em 3 partes. Por ordem de necessidade. O primeiro coisas indispensáveis, o segundo coisas desejáveis e o terceiro com as maluquices que eu inventei pra me deixar mais calma.

Posto isso, vamos para a primeira parte, aquelas coisas indispensáveis que me foram prescritas pela equipe que vai me operar e acompanhar.

– Gastrite:

A endoscopia apontou uma leve gastrite. A médica achou melhor tratar logo. Acho válido, uma vez que operar um estomago feridinho não deva ser muito legal. Ela me receitou pantoprazol. Comprei hoje. São 14 capsulas. Acho que eu só vou conseguir operar daqui uns 2 meses. Mas vou começar a tomar hoje.  Já fico com o estomago curadinho.

– Vitaminas complexo B:

Depois da cirurgia a gente fica com uma dificuldade em absorver vitaminas do complexo B. Principalmente a B12. A minha nutricionista achou a minha B12 um pouco baixa e achou melhor suplementar antes para eu para a cirurgia com reserva. Ela me passou o Citoneurin 500. São 20 capsulas, esse eu vou esperar um pouco mais para começar a tomar.

– Dieta:

5 dias antes da cirurgia dieta pastosa. 1 dia antes dieta líquida. 12h antes, jejum.

Perícia do plano

Fui no hospital dar entrada na cirurgia, deixei todos os papeis lá. No dia seguinte me ligaram para marcar a perícia. Mas marcaram para dali 1 mês.  UM MÊS. SÓ PARA A PERÍCIA.

Minha reação foi essa aqui:

não

E eu que estava na expectativa de operar ainda em setembro… pfff… Vou tentar ligar, ver se acontece alguma desistência ou algo assim. Mas acho que essa cirurgia só vai rolar em outubro.  Vamos ver. Até lá eu vou me preparando pra que tudo aconteça da melhor maneira possível. Depois eu faço um post sobre os preparativos.

Dados

Hoje fui no hospital e dei entrada no plano. Vou colocar aqui alguns dados pra deixar tudo organizadinho pra quem quiser saber. ( Gente, faço engenharia. Adoro uma compilação de dados, umas planilhas… Daqui uns dias coloco uns gráficos aqui.)

Vou fazer a a gastroplastia pela técnica de Fobi-Capela por videolaparoscopia com a equipe do NTCO ( http://ntco.com.br/ ). O médico que vai me operar é o Dr. Erivaldo Santos Alves. Ouvi falar bastante bem dele, foi uma amiga médica que me indicou.
O meu plano é o planserv. Vou fazer no Hospital Sagrada Família. É o único que Erivaldo opera pelo planserv aqui em Salvador. Não conhecia o hospital, mas confio na equipe. Se eles acham que lá é um bom lugar e ta preparado, então eu acredito neles.

Datas:
Querer mesmo, eu queria operar ainda em setembro. Mas não sei se vou conseguir. Pelo que me falaram, depois de dar entrada no hospital o plano me liga para marcar uma perícia dentro de 10 dias. Depois da perícia, em média em 30 dias eles liberam a cirurgia. Muito tempo 😦 Mas… ouvi dizer também que ligar sempre pra encher o saco ajuda. Farei isso. Cresci com um irmão quase da minha idade, se tem uma coisa que eu sei é encher o saco.

Quando as coisas forem acontecendo eu vou contando aqui.