Dica pro verão – Picolé

Gente, eu amo sorvete, amo picolé. Também… moro na Bahia. Calor todo dia. Hahahahaha

Também adoro um lanche docinho.

Assim que vi essa receita no site Santa Dieta me apaixonei. Fica lindo.

Picolé Santa Dieta:

  • 1 abacaxi
  • 1 caixinha de morangos
  • 1/2 copo de chia
  • 1/2 copo de água ou suco de laranja

A receita com vídeo dá pra ver aqui: http://santadieta.com.br/do-dia/picole-santa-dieta/

O legal é que é super simples e flexível. No site também tem essa receita com manga, banana e iogurte: http://santadieta.com.br/do-dia/do-dia-picole-de-manga-e-banana/

PICOLÉ DE MANGA E BANANA:

  • 2 mangas
  • 1 banana média
  • 1 pote de yogurt desnatado ou de baixa lactose ou yogurt grego

Banana deixa tudo mais cremoso e docinho. Dá pra colocar um pouco de gengibre, leite de coco… Não tem como ficar mais saudável e dá pra tomar até na dieta liquida.

 

Emagrecer do jeito certo

Tai uma frase repetida a exaustão. “Eu emagreci/vou emagrecer do jeito certo”

Mas o que é “o jeito certo”? Geralmente isso vem acompanhado de um preconceito com a cirurgia bariátrica. O jeito certo é sem cirurgia e sem remédios. Ok. Realmente, se você conseguir emagrecer e manter o seu peso só com exercícios e dieta é bem melhor. Mas essas mesmas pessoas que acham errado cirurgia bariátrica acham super normal abdominoplastia, mamoplastia, lifting, lipoaspiração, etc, etc… OPA. Não era contra cirurgia? Mas, claro. A que eu não quero fazer é errado. A que eu quero fazer é super certo, normal e corriqueiro. Plastica também tem anestesia geral e riscos. Não to dizendo que sou contra. Acho que tem mais é que fazer sim.  Mas vamos ser coerentes, né?

A cada dia que passa eu percebo que tomei a decisão certa. Desde que eu resolvi que ia emagrecer mesmo ( Vai fazer 3 anos ) eu comecei a ler sobre o assunto, assistir programas, prestar atenção nas pessoas… E eu vi que não é fácil. Existem uma infinidade de fatores envolvidos. Não só alguns deles são difíceis de ser controlados como alguns são desconhecidos ainda. Não é fácil perder e é extremamente difícil manter. Quanta gente não emagrece e depois volta para o peso que tinha? São os costumes, o ambiente, a rotina… o próprio corpo luta para voltar ao maior peso. Vejo gente que é só 5kg ou 10kg acima do peso ideal que não consegue se manter no peso ideal. Imagina quem tá 40kg, 50kg ou mesmo 100kg acima do peso?

Existem vários programas sobre perda de peso. Eles pegam super obesos e mostram que é possível se perder 100kg com dieta e exercício. Mas quantos desses mantiveram o peso alguns anos depois do programa acabar?

Se a gente tem hoje acesso à tecnologias que pode nos ajudar a perder e a manter o peso, porque não se utilizar delas? Porque eu vou passar anos sofrendo se eu posso ter uma ajuda? Primeiro a gente tenta sozinho, se não conseguir busca ajuda. Não tem nada de errado nisso. Isso serve pra tudo. De perda de peso a problemas como depressão ou drogas. Eu não vou tomar um anti-depressivo só porque eu to triste. Mas eu conheço pessoas que poderiam se beneficiar muito com um tratamento desses. Assim como eu me beneficiei com a cirurgia bariátrica. Já vi gente envolvida com drogas morrer porque a pessoa e os que estavam ao redor tinham um ego grande demais pra pedir ajuda.

Consegue lidar com o problema sozinho? Ótimo. Não consegue? Pede ajuda, tenta de novo. Ainda não conseguiu com um auxílio pequeno? Pede um grande. O jeito certo é o jeito que funciona pra gente e faz a gente feliz. O certo na vida é ser feliz sem atrapalhar ninguém e fim.

Tédio e compulsão

Pra mim o pior momento de compulsão alimentar é quando eu to com tédio. Não ter o que fazer me leva a comer. Especialmente quando eu to no interior. Nada pra fazer e muita comida na casa. Meus pais ainda não compreendem. Tem toneladas de comida na casa. Só hoje a minha mãe fez doce de banana e pizza. Sem contar que assim que eu entro na cozinha dou de cara com um pedaço imenso de queijo do reino, que eu amo, e chocolate.

Já comi uma fatia do queijo e hoje me deu muita vontade de comer um doce. Acabei comendo uma balinha de alga. Passei o dia todo em casa. Daí eu começo a pensar e tudo que eu não tava lembrando. Quando eu to na minha casa, ainda que eu tenha vontade não tem em casa. Só o pensamento de descer para comprar me faz desistir totalmente da ideia. Aqui tá tudo a minha disposição. A um passo de distância. Sempre comi muito aqui. Mas agora não é uma opção. Deveria ficar até o dia 5 mas acho que vou embora amanhã. Eles vão ficar super chateados mas a minha dieta é mais importante agora.

Cruzar as pernas

Ai, gente… É uma coisa pequena, mas significa tanto pra mim. Eu tenho perna grossa e sempre fui gorda. Na minha vida toda, eu só consegui cruzar as pernas uns anos atrás quando eu fiz tratamento e emagreci uns quilos. Mas isso também não durou muito. Ontem eu tava sentada no sofá conversando com umas pessoas e quando vi tava de pernas cruzadas. Foi tão natural. Daquelas pequenas vitórias diárias…

Consistência

A cada dia que passa me convenço mais de que o mais importante no emagrecimento e na vida saudável é consistência. Tem que ser todo dia. 

Pra atingir a minha cota de 2l de água por dia, depois de toda refeição eu espero um tempo e  coloco um copo de 500ml do meu lado pra beber até a minha próxima refeição. 4x por dia, todo dia. 

Para ajudar a pele a voltar eu tento manter ela sempre hidratada. Se eu passar um dia sem hidratar ela já fica ressecada. 

Água, alimentação, hidratação, exercício físico, vitaminas, proteína… Tem que ser todo dia. E essa é a parte mais difícil pra mim. Eu não me adapto bem a rotinas. Um dia eu to com tempo, no outro eu to com preguiça, no outro eu to enjoada de fazer aquilo e quero algo diferente… etc, etc. 

Minha luta não é fazer, minha luta é fazer todo dia. Mas se é assim que tem que ser… 

Vitaminas e Suplementos – Ortomolecular

Vitaminas e Suplementos que eu tomo

Vitaminas e Suplementos que eu tomo

Como eu disse no post anterior sobre vitaminas e suplementos, a ortomolecular me passou algumas coisas a mais que a equipe médica que me operou. No final, o que eu tomo hoje em dia é isso aí da foto.

– Probiótico: Eu estou tomando o probiatop. São lactobacilos vivos (aqueles do yakult)e bactérias boas. Eles ajudam a equilibrar a flora intestinal. Eu já tomava antes da cirurgia. Ele vem em saches. Eu dissolvo o pó em um pouco de água e tomo de manhã em jejum.

– Enzimas: Eu tomo essa que é feita por uma farmácia de manipulação, foi desenvolvido para bariátricos. São enzimas que ajudam a digerir e absorver a comida. Igual aquelas que você já tem. Amilase, Invertase, Protease, Lactase… Ela só dá aquela ajudinha.

– Neutrofer: Ferro. Só ferro. Inclusive tem gosto de ferrugem.

– Multivitamínico: Geralmente o pessoal operado compra alguma já pronta de farmácia. Por enquanto eu estou tomando ela formulada. A minha orto fez uma receitinha mais adequada as minhas necessidades e eu mando fazer na farmácia de manipulação.

– Spray de B12: A vitamina B12 vem de alimentos de origem animal. Quem é operado tem um pouco de dificuldade em absorver. As vezes é receitado injeção de B12. Por enquanto eu estou usando em spray. Basta um jatinho embaixo da língua, 2x por dia.

 

Então, não é todo mundo que precisa tomar tudo isso. Eu tomo porque estou fazendo tratamento ortomolecular. E a minha orto gosta de me ver 110%

Ceia de Natal

Ai, passei no local onde vai ser a festa da família para levar umas coisas e não to querendo ir. As coisas ainda estão sendo arrumadas e tem comida na casa inteira. Muita. Uma coisa é você poder pouco. Outra é não poder nada. E eu não posso nada. Eu sou uma pessoa controlada mas todo mundo tem limite. E passar horas vendo várias pessoas comendo comidas que eu gosto passa um pouco do meu limite. Sem contar que nem todo mundo sabe que eu operei e vão começar a perguntar porque eu não to comendo e me oferecer comida… Não vai ser agradável.

Fora isso, Feliz Natal pra vocês.

Inspiração

Nesse climinha de Natal, de fim de ano… Novas resoluções, novos planos. Eu vi um vídeo e quase chorei. Nesse programa a cada episódio o treinador escolhe uma pessoa e acompanha ela durante 1 ano. Durante esse ano a pessoa tem como objetivo perder peso e alguma outra coisa pessoal. Nesse episódio o escolhido é um Rapaz de 22 anos obeso desde criança que quando adolescente sofreu um acidente e perdeu um braço. É emocionante a maneira como ele muda a vida dele. Minha meta para 2014 é ter metade da força dele.

Vitaminas e Suplementos

Como eu disse no post dos remédios, isso sim é pra vida toda. Com o passar do tempo, a depender da pessoa e da alimentação  as doses podem ser diminuídas. Tenho uma amiga que operou há 5 anos que só toma um multivitamínico a cada 3 dias.

As pessoas costumam usar isso como argumento contra a cirurgia. Eu não acho que seja um contra. Primeiro porque todo mundo deveria tomar um multivitamínico. No Brasil as pessoas ainda não tem esse costume, talvez pelo preço ainda não tão barato das vitaminas. Mas em vários países é comum se dar vitaminas para crianças, para grávidas e lactantes, para idosos, para quem está se recuperando de alguma doença, para quem faz muito exercício, etc, etc. Eu tenho uma amiga que nunca fez uma cirurgia na vida e teve escorbuto por falta de vitamina C. Para ingerir a quantidade indicada de vitaminas uma pessoa deveria comer 7 tipos diferentes (não vale 7 porções da mesma fruta !) de frutas por dia. Quem consegue comer isso todo dia? Minha mãe nunca operou, é super saudável e também toma suas vitaminas e omega 3.

Atualmente, com 1 mês de operada a nutricionista da equipe que me operou me passou:

– Whey Protein

– Neutrofer (suplemento de ferro)

– Materna (Multivitamínico)

MAS… eu tomo outras coisas que a ortomolecular me passou. Depois eu faço um faço post dos suplementos da ortomolecular.

Biscoito de Arroz

Uma coisa que eu comecei a comer depois da cirurgia foram os biscoitos de arroz.

Olha… não vou mentir pra vocês. Ele tem cara de cortiça e um gostinho de nada… Hahahahaha. Mas é assim, um nada crocantinho levemente salgado. Puro ninguém merece. Mas com um creme de ricota fica gostosinho. É super leve, desce bem, não tem glúten e é mais nutritivo que bolacha de água e sal. Inclusive, a tabela nutricional dele é impressionante. Acompanhem:

aaaaaaaaaaaaa

Informação nutricional – Mini biscoito de arroz Camil

São 100kcal a cada 15 biscoitinhos! No café da manhã eu como 3 para acompanhar a proteína. Em um lanchinho chego a a comer 5. Os ingredientes são só arroz integral e sal. Nada de gordura nem conservantes nem aditivos. Nota 10. Esse pacotão me custou R$4. Vai durar meses.

Eu comprei o dessa marca, Camil. É um pacotão. Dura pra sempre

Eu comprei o dessa marca, Camil. É um pacotão. Dura pra sempre

Biscoito de Arroz

Biscoito de Arroz

Biscoito de Arroz na palma da mão pra vocês terem ideia do tamanho.

Biscoito de Arroz na palma da mão pra vocês terem ideia do tamanho.

 

 

Pra que tanta comida?

Vim pra casa dos meus pais passar o natal. To chocada. É muita comida, o tempo todo. Não sei se eu vou ficar muito tempo aqui não. Fica complicado. Eu to até tranquila. Não tenho fome nem grandes vontades. Mas ficar rodeada de muita comida gostosa o tempo todo é complicado.

Eu estava acostumada a ficar em casa sozinha. Era só a minha comida que eu fazia pouquinho todo dia. Isso desestabiliza um pouco. Amanhã tem uma feijoada pra ir. Não sei como vou lidar. Acho que vou almoçar antes de ir e levar um lanche.

1 mês!

Hoje eu completo 1 mês de operada. E… não sei o que dizer. É um momento de reflexão. Eu to bem. To cicatrizada. Já não me sinto mais em um pós-operatório. Inclusive, isso é estranho. Eu estou me sentindo igual. A dieta ainda é restrita mas eu já fiz dietas restritas antes. Não sinto fome, o que me dá uma tranquilidade e com isso acabo não sentindo muita vontade também. Mas não sinto como se tivesse sido uma mudança drástica na minha vida. Estou com um misto de sentimentos. Uma parte de mim sente como se eu tivesse feito uma outra cirurgia qualquer como tirar a vesícula e estou seguindo uma dieta por pouco tempo até tudo voltar ao normal e outra parte tem medo de passar mal, coisa que ainda não aconteceu.

Também não consigo sentir diferença no meu corpo ainda. Até tirei foto de antes e depois mas to com vergonha de mostrar porque quase não vi diferença. Vou colocar a critério de documentação.

Antes e Depois, 1 mês de cirurgia bariátrica.

Antes e Depois, 1 mês de cirurgia bariátrica.

Antes e Depois, 1 mês de cirurgia bariátrica.

Antes e Depois, 1 mês de cirurgia bariátrica.

Antes & Depois 1 mês lado

Antes e Depois, 1 mês de cirurgia bariátrica.