Detalhes da internação

Hoje me ligaram do consultório do médico para acertar o horário. Opero dia 21/nov às 7:30h. Como é bem cedinho eu me interno na noite anterior. Se der tudo certo eu tenho alta em 24h e saio dia 22 de manhã.

To aqui já pensando no que vou levar. Eu tenho que ficar naquela roupinha de hospital todos os dias ou posso levar meus pijaminhas? To com essa duvida. Se puder usar a minha acho que vou comprar uma camisola.

Faltam 7 dias. Sábado começo a dieta pastosa pré-operatória.

Todo o apoio do mundo

Eu tava meio tensa de falar da cirurgia pra minha família (os não tão próximos, tias, primos, etc…)  porque eles gostam de uma fofoca e eu não queria ouvir histórias de “ouvi falar que a prima da vizinha da minha sogra…”. Mas hoje eu me encontrei com uns deles e partilhei. Recebi tanto apoio. Dois deles são médicos e me falaram como estavam felizes com isso, que foi uma ótima decisão e que vai dar tudo certo. Me deu toda uma segurança. To segura, to calma. Agora é só encarar.

Cirurgia autorizada – Planserv

Gente, o planserv, meu plano se saúde, autorizou a minha cirurgia. Liguei pra eles hoje eles me falaram que a minha cirurgia foi autorizada ontem. 18 dias após a perícia. Muito mais rápido do que eu imaginei. To assim… com um misto de sentimentos.

supresafelicidade

 

É ansiedade, vontade de fazer logo… medo! Aguardemos as cenas do próximos capítulos.

Preparativos pré-cirúrgicos – Parte III

Ai, gente… To com vergonha de falar as minhas maluquices. Mas vamos lá.

Eu já falei, mas vou repetir: eu sou maluca mesmo. Quando eu to ansiosa em relação a alguma coisa me acalma ler (muito) sobre e me preparar (nível TOC) para a situação. Com a cirurgia não seria diferente. Por isso que eu dividi os preparativos em 3 partes. Por ordem de necessidade. O primeiro coisas indispensáveis , o segundo coisas desejáveis e o terceiro com as maluquices que eu inventei pra me deixar mais calma (esse aqui).

E o que isso quer dizer Iza?

Quer dizer que tudo o que eu vou falar nesse post não tem embasamento científico. Nenhum médico me falou, pediu ou sugeriu nada disso. São teorias minhas. Que podem funcionar ou não. Depois de uns meses de operada eu volto aqui para falar se tiveram efeito positivo ou não. O importante pra mim é que essas coisinhas fazem com que eu me sinta em controle do que me dá medo.

– Hidratação x Flacidez.

É um fato que pele hidratada é mais elástica e não cria tanta estria. Eu já tenho estria. Mas tenho a esperança de que uma pele bem hidratada vai voltar mais fácil e me deixar com menos pelanca. Então tenho passado bastante hidratante, no corpo todo, todos os dias. Vou tentar manter isso. Se não ajudar nas pelancas, pelo menos eu fico cheirosa e macia.

– Ingestão de gordura x pedra na vesícula.

Muitos pacientes desenvolvem pedra na vesícula depois da cirurgia bariatria. Alguém me falou que a pedra é formada pela bile não utilizada. A pessoa tá acostumada a comer muita gordura, a vesícula se acostuma a produzir muita bile. Você para de comer gordura de vez e a bile não utilizada fica lá na sua vesícula e empedra. Daí eu cheguei na teoria de que se eu diminuir a minha ingestão de gordura agora eu terei menos probabilidade de desenvolver pedra. É uma teoria. Estou tentando evitar. Vamos ver no que dá…

Só mais uma coisinha… Daí eu queria umas opiniões. Eu tava pensando… Mães costumam usar uma cinta logo depois do parto, para que a barriga volte mais rápido. Será que isso funciona com a gente que não vai tirar um bebê da barriga mas vai tirar bastante gordura? Quem faz plástica também usa. Inclusive quem faz lipo. Eu moro em Salvador e com o calor daqui deve ser bem complicado usar uma dessas o tempo todo. Mas se fosse me tirar uns pneuzinhos eu até encarava. Alguém aí já usou em alguma dessas situações? Ajudou?

Preparativos pré-cirúrgicos – Parte I

Gente… Antes de tudo, queria deixar claro que eu sou maluca mesmo. Quando eu to ansiosa em relação a alguma coisa me acalma ler (muito) sobre e me preparar (nível TOC) para a situação.

Com a cirurgia não seria diferente. Por isso que eu vou dividir os preparativos em 3 partes. Por ordem de necessidade. O primeiro coisas indispensáveis, o segundo coisas desejáveis e o terceiro com as maluquices que eu inventei pra me deixar mais calma.

Posto isso, vamos para a primeira parte, aquelas coisas indispensáveis que me foram prescritas pela equipe que vai me operar e acompanhar.

– Gastrite:

A endoscopia apontou uma leve gastrite. A médica achou melhor tratar logo. Acho válido, uma vez que operar um estomago feridinho não deva ser muito legal. Ela me receitou pantoprazol. Comprei hoje. São 14 capsulas. Acho que eu só vou conseguir operar daqui uns 2 meses. Mas vou começar a tomar hoje.  Já fico com o estomago curadinho.

– Vitaminas complexo B:

Depois da cirurgia a gente fica com uma dificuldade em absorver vitaminas do complexo B. Principalmente a B12. A minha nutricionista achou a minha B12 um pouco baixa e achou melhor suplementar antes para eu para a cirurgia com reserva. Ela me passou o Citoneurin 500. São 20 capsulas, esse eu vou esperar um pouco mais para começar a tomar.

– Dieta:

5 dias antes da cirurgia dieta pastosa. 1 dia antes dieta líquida. 12h antes, jejum.